O que é LMS? Esse guia esclarecerá as suas principais dúvidas!

Capacitações e treinamentos sempre fizeram parte da rotina empresarial. Por isso, entender o que é LMS (Learning Management System) pode ser fundamental para um negócio. Afinal, são plataformas que possibilitam oferecer cursos para o público interno (e também externo, como é o caso das instituições de ensino), usando o meio digital para isso.

Com este guia, você aprenderá por que o LMS tem ficado cada vez mais popular, como funcionam essas plataformas de treinamento, os benefícios de usar o sistema, além de outras informações relevantes sobre o assunto. Se você precisa oferecer um ensino de qualidade, acessando métricas relevantes para acompanhar o progresso dos participantes, então essa é uma solução potencial.

Entenda de vez como a sua empresa pode se adaptar à transformação digital, oferecendo uma solução que ainda engaja e motiva os funcionários. Veja como escolher o LMS ideal e mantenha os colaboradores alinhados com a cultura da empresa.

O que é o LMS (Learning Management System)?

LMS é uma sigla em inglês para learning management system, ou sistema de gestão da aprendizagem. Essa é uma funcionalidade de uma plataforma de Gestão de Aprendizado e Gestão de Desempenho. Com esse sistema, é possível desenvolver, organizar e aplicar cursos, além de acompanhar o resultado dos alunos. Outra sigla que também é comum para denominar um LMS é plataforma EaD (que engloba os sistemas usados para o ensino a distância).

Profissionais de RH sabem como o e-learning vem conquistando um papel fundamental na capacitação de colaboradores. O LMS funciona para realizar os treinamentos corporativos de forma completa, entregando informações precisas sobre os colaboradores e equipes. Além disso, é possível criar cursos para auxiliar no processo seletivo e ajudar na inserção de novos funcionários usando o LMS. Esse tipo de ação melhora o fit cultural e diminui a rotatividade do público interno.

Veja como o LMS se alinha com a gestão de pessoas

Cursos a distância podem parecer frios e, talvez, você esteja se perguntando: o que um LMS pode fazer pela sua empresa? Como esse tipo de tecnologia pode ser atrativo, engajando o público interno? É nesse ponto que surge outro segredo da plataforma: ela deve ser humana! Sim, um bom LMS permite a personalização da interface de acordo com os padrões da empresa.

Ainda, é preciso que os responsáveis em montar os cursos estejam sempre atualizados, observando as tendências de conteúdo para as plataformas de educação a distância. Isso facilita o processo de adaptar as informações em uma linguagem acessível para o público interno, contribuindo, também, para um relacionamento mais próximo e para fortalecer o posicionamento estratégico da marca.

Entenda como esse sistema colabora para o choque de gerações

Outro aspecto interessante sobre o LMS é que a personalização dos cursos oferecidos também pode contribuir para a capacitação multigeracional. Uma empresa pode ter um setor que conta com baby boomers (pessoas que nasceram entre 1946 e 1964); Millennials (a geração que nasceu entre 1965 até o final da década de 1990, agrupando geração X, Y e Z) e, até mesmo, nativos digitais (nascidos a partir do final da década de 1990, quando a internet já era popular).

Imagine que você precisa fazer um treinamento que envolva toda a equipe, mas os conflitos não são poucos. É possível criar abordagens diferentes, para aproximar as diferentes culturas e modos de pensar. Assim, o treinamento, além de capacitar a equipe, poderia também promover a integração dos participantes, estimulando hábitos de cooperação e empatia.

Por que o LMS vem se apresentando como tendência?

Como você deve ter percebido, esse modelo de ensino hoje é amplamente difundido. Seja para cursos livres, seja para instituições de ensino superior, percebemos o quanto os sistemas de gestão da aprendizagem estão sendo adotados. E os motivos para que o LMS se consolide como uma tendência no mercado são muitos. Confira os principais!

Integração e colaborativismo

É muito importante para as empresas fazer com que o time trabalhe com a mais alta performance. Se todos estão alinhados com a cultura organizacional e percebem a importância do espírito de equipe dentro da empresa para garantir o seu crescimento, isso é muito bom.

Com o LMS, é possível trabalhar para que os funcionários estejam mais engajados com a empresa. Como os treinamentos são montados pela própria organização, o RH pode incluir módulos para reforçar os valores da marca e estimular a interação entre colaboradores de uma mesma equipe ou setores que precisem se comunicar melhor.

Gamificação

Apesar de essa estratégia ter sido inspirada pelo universo dos games, ela não é uma tendência que atinge apenas as gerações mais novas. A ideia é oferecer o treinamento em um formato divertido, usando enredos de jogos e, até mesmo, apostando em designs similares a eles. Afinal, a ideia de completar tarefas é muito forte para o cérebro humano.

Então, ao entregar uma série de desafios para o funcionário em treinamento, seu foco estará em concluir, vencer! A gamificação é uma tendência crescente no mercado corporativo, e o LMS é a estrutura com melhor custo-benefício para usá-la. Assim, você garante maior envolvimento, motivação e melhor aprendizado para o seu público interno.

Blended learning

O contato olhos nos olhos não vai deixar de existir. Treinamentos mais complexos ou que envolvam processos físicos, normalmente, precisam de encontros presenciais. Porém, nem sempre tudo pode ser passado em poucas horas, necessitando de períodos de mais de um dia, por exemplo. Uma tendência que surgiu no mercado com isso foi o blended learning.

Essa é uma mistura entre os cursos físicos com módulos on-line. Assim, o LMS entra com a parte digital, na qual o conhecimento pode ser customizado, e os módulos físicos focam ao máximo nos conteúdos que não podem ser passados virtualmente.

Inteligência artificial

O aprendizado das máquinas pode contribuir muito para trabalhar com conhecimento. Nem sempre os alunos de uma plataforma e-learning estudarão ao mesmo tempo e existem várias tecnologias que podem contribuir para atender a todos de forma imediata com o melhor custo-benefício possível.

Opções como chatbots para ajudar na resolução de dúvidas técnicas ou recorrentes otimizam o atendimento. Estratégias, como o ensino adaptativo, melhoram a performance de cada aluno, que vai receber os conteúdos de acordo com as suas necessidades. Dessa forma, o LMS ainda contribui para uma boa gestão de performance para a empresa, melhorando a produtividade dos colaboradores.

Gestão de talentos

O mercado corporativo está cada vez mais focado na atração, treinamento e retenção de talentos. Afinal, com a tecnologia e inserção das novas gerações no mercado de trabalho, o conceito de carreira mudou e houve um aumento nas taxas de turnover. Por isso, passou a ser ainda mais importante saber identificar pessoas que têm o perfil da empresa e conseguir engajá-las no negócio.

Um sistema de gestão da aprendizagem pode ser útil em quatro momentos distintos.

Identificação de talentos

No processo de contratação e, até mesmo, ao longo da vida profissional do colaborador dentro da empresa, alguns padrões de comportamento podem destacá-lo como um talento em potencial. No treinamento, você pode ter sinalizadores desses padrões e criar alertas para saber quando alguém entra para esse time.

Alinhamento com a empresa

Imagine que a Starbucks busca um vendedor potencial para conseguir novos revendedores para a empresa. Características como boa comunicação e alta persuasão certamente estarão presentes, mas isso não significa que todo bom vendedor estará alinhado com os princípios da marca (encantar e surpreender pessoas). O LMS contribuirá para essa adaptação.

Retenção de talentos

Como os treinamentos engajam e podem servir para destacar bons desempenhos e atitudes esperadas, os talentos da empresa se sentirão reconhecidos com isso.

Sucessão

Além disso, a saída de um funcionário pode acontecer por diversas razões, e a sucessão dessas pessoas no quadro de pessoal também faz parte da gestão de talentos. Com os dados das capacitações LMS, é possível criar um banco de talentos dentro da própria empresa.

Como funciona essa ferramenta de e-learning?

O LMS faz parte de uma plataforma maior dentro das empresas. Para ter resultados impactantes, o LMS deve ser uma funcionalidade da plataforma de Gestão de Treinamento e Gestão de Performance. Os atributos que o sistema de gestão da aprendizagem agregam só serão bem aproveitados se fizerem parte de uma estratégia maior, como os exemplos citados.

A plataforma de LMS funciona em ambientes virtuais. Pensando de forma generalista, talvez você tenha várias experiências nas quais usa a internet para aprender algo. Seja vendo uma videoaula, seja lendo o artigo de um blog. Então, por que o LMS ficou tão famoso no mercado corporativo? Entenda as funcionalidades que destacam essa modalidade de e-learning.

Monitorar o desempenho

Um treinamento vai muito além das avaliações, apesar de elas serem extremamente relevantes para a empresa. Ao entender a funcionalidade de acompanhar o desenvolvimento dos colaboradores com o LMS, você perceberá o quanto essa ferramenta é uma aliada para a gestão da empresa.

Além de conseguir acessar um grande volume de resultados e em tempo real, você pode monitorar outros padrões que são praticamente impossíveis de acompanhar nos treinamentos físicos como:

  • o nível de participação e engajamento de cada funcionário;
  • em qual etapa do treinamento os colaboradores se encontram;
  • módulos que se destacam (positiva ou negativamente).

Personalizar a interface

Outra funcionalidade considerada fundamental é a possibilidade de personalizar o e-learning. A identidade visual da empresa transmite autoridade, fortalece o senso de comunidade e contribui para consolidar os valores da organização.

Com o LMS, é possível inserir alguns elementos visuais, além de logomarca, e padronizar o layout com as cores da empresa. É como se o treinamento fosse uma extensão da companhia, em que se reforça a preocupação da organização no desenvolvimento profissional (e dependendo do contexto, até emocional) dos seus colaboradores.

Gerenciar o acesso

Enquanto executivos e lideranças costumam ter um tipo de treinamento, cada setor específico da empresa pode precisar de outras capacitações. Além disso, quando existe uma mudança estrutural ou de posicionamento, podem ocorrer campanhas e treinamentos globais.

Então, ter facilidade de gerenciar o acesso de usuários aos cursos é outra grande vantagem do sistema de gerenciamento de aprendizado. Se você recebe um funcionário novo ou ele muda de cargo, já é possível ter cursos destinados para a adaptação. Ao mesmo tempo, quando uma pessoa se desliga da empresa, é possível desconectá-la da plataforma.

Criar fóruns e outras interações

A interatividade entre os funcionários contribui para a colaboração e alinhamento de objetivos. Talvez uma das mais importantes ferramentas para aumentar o engajamento dos colaboradores nos treinamentos sejam os fóruns e espaços para debate. Além da troca de informações, essa estratégia potencializa a integração e fortalece a comunidade corporativa.

Apresentar conteúdos em vários formatos

O padrão de aprendizado de cada pessoa é diferente. Enquanto alguns funcionários terão o maior prazer de ler os pdfs e assimilar conteúdos apresentados em esquemas como infográficos, outros vão amar os conteúdos em vídeo, que são mais dinâmicos e explicativos. Além disso, é possível que existam aqueles que se concentram nas informações passadas em áudio.

A funcionalidade de permitir construir os treinamentos com os mais diversos formatos de conteúdo é também uma grande vantagem do LMS.

Automatizar processos

Parabenizar os colaboradores com melhor desempenho, emitir certificados após a conclusão do curso ou, mesmo, lembrar os funcionários de concluir um determinado módulo. Programas de treinamento demandam muitas ações que poderiam simplesmente acontecer de forma automática. Com o LMS, isso se torna possível, pois o sistema permite automatizar diversos processos.

Quais as principais informações acerca do LMS?

Para entender as características fundamentais sobre esse tipo de e-learning, é preciso também saber que a estrutura final normalmente não sofre muitas alterações, sendo um aspecto mais ligado à tecnologia usada no desenvolvimento. Existem vários tipos de LMS e eles são classificados de acordo com o formato. Por exemplo, código aberto ou fechado, hospedado ou em nuvem.

Para oferecer a melhor performance de cada uma das variações dos e-learnings, é possível encontrar algumas soluções que trabalham como o padronizações que garantem a qualidade dos seus sistemas de gestão da aprendizagem.

Padrão SCORM

A interface para o desenvolvimento dos cursos deve ser tão fácil que os responsáveis conseguirão agilidade para criar os treinamentos, assim como terão à mão os recursos necessários para entregar o conteúdo da forma que considerarem mais eficiente.

Do mesmo modo, quem recebe o curso deve ter facilidade de encontrar o material em uma interface agradável. O padrão SCORM facilita a operacionalização da técnica para as duas partes, além de padronizar o desenvolvimento de cursos, deixando o processo mais ágil e otimizando a identificação por parte dos alunos.

Como escolher o LMS ideal para minha empresa?

Com tantas diversidades na característica desse software, você certamente quer encontrar o LMS mais adequado para o seu negócio. Veja, a seguir, os principais pontos que você deve analisar na hora de contratar o e-learning.

Observe a demanda

O primeiro ponto para escolher o LMS é saber sinceramente para que você vai usar. Enquanto uma empresa pode precisar do recurso para analisar o desempenho dos funcionários e fazer a gestão de talentos, outra pode precisar apenas para realizar um treinamento. Estabeleça todos os objetivos que você pretende alcançar.

Conheça a experiência da empresa

É importante observar o tempo de mercado, pesquisar quem são os clientes que já usaram as ferramentas da empresa que você pretende contratar. Depois dessa primeira filtragem, é possível verificar cada uma das possibilidades e a qualidade do atendimento. Afinal, será o time dessa organização que ajudará a sua equipe, no caso de contratação.

Apresente seus sonhos

Outro aspecto que pode fazer total diferença na hora da contratação é se certificar se a empresa realmente atende às suas expectativas em relação à estrutura que você pretende usar. Além disso, é bom confirmar se, além de ser capaz de entregar todas as funcionalidades requeridas, qual o orçamento para esse caso.

Busque uma interface fácil e intuitiva

Como apontamos, o treinamento conta com dois estágios: seu desenvolvimento e a aplicação para os colaboradores. A importância de um layout agradável e uma interface que facilita o desenvolvimento de cursos é fundamental. Isso otimiza a produtividade na perspectiva da concepção e aumenta adesão e engajamento por outro lado.

Certifique-se das funcionalidades

Hoje em dia é muito fácil encontrarmos uma infinidade de cursos on-line pela internet. Porém, este não é o objetivo de um LMS corporativo. A ideia não é simplesmente entregar um conteúdo. É fundamental acompanhar algumas ações como:

  • saber quem está acompanhando o conteúdo entregue;
  • analisar o nível de participação dos colaboradores;
  • medir o desempenho de cada um (tanto nas avaliações quanto em outros aspectos que a empresa considerar estratégicos);
  • automatizar entregas. Por exemplo, quando o funcionário concluir o curso x, encaminhá-lo para o curso y e sinalizar essa transição;
  • ter os resultados nas mãos em tempo real.

Por isso, é importante entender que apenas com o LMS você não terá acesso a toda a estrutura. Mesmo que para desenvolver um treinamento corporativo completo usando a tecnologia, você vai precisar de um LMS, é importante saber que uma plataforma de Gestão de Aprendizado e Gestão de desempenho são fundamentais. São elas responsáveis por otimizar o tempo e trazer precisão nos resultados.

Confirme a segurança

Treinamentos corporativos são confidenciais e fazem parte da estratégia da empresa. É importante garantir que suas capacitações sejam entregues com qualidade para seu público interno e, ao mesmo tempo, assegurar que as informações apresentadas não vazem ou sejam distribuídas por terceiros.

Quais os benefícios do LMS para a organização?

Você deve ter percebido como o e-learning é importante para uma empresa. Ao escolher a solução ideal você contribui para a transformação digital na gestão de pessoas e talentos da sua organização. Veja a seguir os principais motivos para implementar essa ferramenta na sua empresa.

  • foco — você centraliza todo o conteúdo em um só lugar (assim como as métricas para monitoramento de pessoal);
  • inclusão — o treinamento chega para todos os colaboradores ao mesmo tempo, seja para quem trabalha remotamente, seja em uma filial ou na matriz. Além disso, é possível adaptar o material no sentido de inclusão de pessoas com deficiência (por exemplo, auditiva ou visual);
  • flexibilidade — uma equipe pode fazer a capacitação agora e é melhor que outro setor só receba o treinamento após bater uma meta? Tudo bem, quem gerencia o acesso aos cursos é você. E com o LMS é possível que cada um monte a sua rotina de estudos sem influenciar o ritmo da empresa;
  • integração — com o sistema de gestão da aprendizagem, você motiva suas equipes, incentiva a troca de experiências e colaboração entre os funcionários, além de integrar novos membros ao time mais facilmente;
  • talentos — é a ferramenta ideal para identificar quem se destaca na organização, além de ter recursos para reconhecimento de talentos e contribuir para a retenção deles;
  • custo-benefício — contratação de profissionais, hospedagem, levar o conhecimento para funcionários de diversas localizações geográficas. O investimento do LMS é mais em conta se comparado aos gastos de treinamentos físicos, além da vantagem de replicá-lo quantas vezes forem necessárias, escalando o alcance do curso com o mesmo custo;
  • inovação — saia na frente, atraia os millennials e mostre que a sua organização se importa com o desenvolvimento profissional dos funcionários;
  • qualidade — como é possível monitorar o potencial de cada um dos treinamentos, você também consegue otimizar pontos críticos e aproveitar as oportunidades de sucesso. Isso significa que usar o LMS a longo prazo contribui para a criação de conteúdos ricos de alta qualidade para seus colaboradores.

Gostou de descobrir o que é LMS e como esse software pode contribuir para os processos de treinamentos e capacitação da sua empresa? Como você viu, o sistema de gestão da aprendizagem é extremamente vantajoso para a organização, não só no sentido de motivar e engajar os funcionários, como também para otimizar o monitoramento do desempenho, contribuindo para a gestão da performance.

Se você gostou deste guia e quer entender como um LMS pode se ajustar exatamente às necessidades e expectativas da sua empresa, entre em contato com a gente. Trabalhamos com essa solução e teremos o maior prazer em falar sobre o assunto!

Compartilhe: