O avanço da tecnologia mudou consideravelmente o comportamento das pessoas, que têm cada vez mais urgência para executar suas tarefas diárias. A educação corporativa também precisou acompanhar essa mudança para não perder a sua eficiência. Com a necessidade de inovar a forma de entregar conteúdo investindo menos tempo e dinheiro, sem perder a qualidade, surgiu o microlearning.

Apesar de ser uma metodologia muito eficiente, é fundamental que a empresa tenha clareza sobre os seus propósitos, conheça as vantagens dessa abordagem para aprendizagem, bem como suas características e os tipos de formatos de conteúdo. Assim, é possível perceber quando e como é estratégico utilizá-la.

Pensando nisso, fizemos este artigo para que você entenda o que é microlearning, como funciona, quando utilizar, quais seus benefícios e muito mais. Boa leitura!

O que é microlearning?

Traduzindo para o português, microlearning quer dizer microaprendizado, ou seja, é uma forma de ensino rápida, objetiva e com mobilidade. Essa metodologia aborda conteúdos mais específicos, com cursos mais curtos, sem perder a qualidade do processo de aprendizagem.

Transferir conhecimento em pequenos segmentos permite dar mais foco a um tema, facilitando e muito a assimilação do conteúdo abordado. Assim, os cursos tornam-se mais eficientes e proveitosos para os alunos. Por isso, o microlearning é uma modalidade muito utilizada nas empresas atualmente, principalmente nas estratégias de gestão de aprendizagem. Ele permite investir na capacitação dos colaboradores sem gastar muito tempo e dinheiro.

A praticidade do aprendizado faz com que essa forma de ensino ganhe cada vez mais espaço nos treinamentos corporativos, seja presencial, semipresencial ou a distância. Não é preciso perder horas assistindo palestras ou lendo algum conteúdo que não acrescenta nada no desempenho dos colaboradores. Muito pelo contrário, é possível acessar conteúdos ricos e objetivos de qualquer lugar e a qualquer momento por meio da plataforma microlearning.

Isso permite uma grande autonomia e flexibilidade aos alunos, que podem acessar o material e realizar as suas tarefas de acordo com o seu tempo disponível. Assim, o processo de aprendizagem se torna mais prazeroso e efetivo. Vale lembrar que o principal objetivo dessa metodologia não é reduzir os conteúdos, mas apresentá-los de forma prática e objetiva, para que possam ser melhor compreendidos e aplicados.

Uma forte tendência para os próximos anos é o microlearning na estratégia educacional, pois vivemos em um mundo cada vez mais acelerado, em que as informações são geradas e acessadas de forma cada vez mais rápida e fácil. Além disso, a geração Y está fortemente presente no mercado de trabalho, e, com certeza, vai se interessar mais por materiais interativos e curtos para se qualificar.

Pode-se dizer que praticamente todos os segmentos podem produzir e absorver conteúdos nesse formato. Por isso ele é amplamente aplicado, trazendo diversos benefícios tanto para a empresa, que poderá contar com equipes mais capacitadas e obter melhores resultados, como para os seus colaboradores, que podem absorver informações cruciais para o melhor desempenho do seu trabalho e para se atualizar profissionalmente.

Como funciona dentro da empresa?

A praticidade e objetividade do microlearning permite que o conhecimento seja aplicado rapidamente no dia a dia de trabalho de acordo com suas necessidades atuais, pois a compreensão é mais acelerada e eficiente. Isso intensi e muito o engajamento da equipe, aumenta o foco dos colaboradores, melhora a eficiência dos treinamentos corporativos e potencializa os resultados obtidos.

No entanto, para que o microlearning realmente funcione dentro de uma empresa e traga bons resultados para as partes envolvidas, alguns pontos devem ser compreendidos e aplicados de forma estratégica. Selecionamos os principais, acompanhe!

Planejamento

Para implementar qualquer estratégia em uma empresa é fundamental ter um bom planejamento. Por isso, para que o microlearning seja eficiente no seu negócio é indispensável definir os objetivos dos conteúdos, entender quais são as necessidades das equipes, quais habilidades e processos precisam ser aperfeiçoados e quais conhecimentos estão desatualizados.

Entender e mapear as atividades da empresa é muito importante para direcionar corretamente os esforços, a fim de utilizar melhor os recursos dessa metodologia. Assim, é possível conhecer a real situação da empresa, os seus pontos fracos e fortes, e identificar onde a plataforma microlearning pode ser eficiente.

Público-alvo

Compreender o público-alvo é essencial para que a empresa consiga identificar a estratégia mais adequada para cada equipe. Muitos gestores não conhecem as pessoas que fazem parte do ambiente de trabalho, quais suas necessidades, preferências e perfis comportamentais. Por isso, muitas vezes as medidas adotadas não trazem os resultados esperados.

Por exemplo, uma empresa que tem diferentes gerações no seu quadro de funcionários e deseja implantar uma técnica tecnológica, conseguirá atingir facilmente as pessoas mais jovens.

Por isso, primeiramente é preciso incentivar no dia a dia de trabalho e na aprendizagem corporativa o uso da tecnologia, além de oferecer todas as ferramentas e condições necessárias para a sua devida utilização. Buscando por abordagens e métodos que estejam alinhados com a realidade da empresa, o microlearning será um sucesso para todos os departamentos e trará ótimos resultados.

Conteúdos

Definindo o planejamento e conhecendo o público-alvo é possível determinar o conteúdo ideal que será entregue a cada equipe. Para facilitar esse processo, é conveniente segmentar os temas, analisando quais se referem a atualizações, normas, contextualizações, orientações etc. Assim, é possível identificar as competências necessárias e as técnicas mais convenientes para cada.

O microlearning tem diversos formatos de conteúdo, por isso, não se limite a apenas um. Quanto mais diversificada for a forma de apresentação do material, mais interessada e engajada será a equipe, e maior a assimilação do conhecimento.

É muito importante que a linguagem dos conteúdos esteja de acordo com o dia a dia de trabalho, ou seja, que o assunto seja facilmente compreendido por todos os colaboradores. Vale apostar em vídeos interativos, podcasts, imagens, infográficos, entre outros formatos que você vai conhecer mais adiante.

Ferramentas e plataformas

No atual cenário em que vivemos, soluções tecnológicas são fundamentais para qualquer estratégia de aprendizagem, como aplicativos e plataformas de treinamentos. Isso facilita muito o dia a dia de qualquer pessoa, e vai de encontro aos principais objetivos do microlearning.

Sendo assim, para que essa metodologia seja eficiente, a empresa precisa investir em uma boa plataforma de aprendizagem capaz de disponibilizar todos os conteúdos de forma organizada, clara e de fácil acesso. Vale a pena pesquisar sobre ferramentas que facilitam, melhoram e auxiliam a educação corporativa do seu negócio.

Divulgação e cultura educacional

Depois de planejar, conhecer o público-alvo, definir os conteúdos e a plataforma de aprendizagem, é preciso divulgar essa ideia para que os colaboradores possam usufruir dos benefícios do microlearning. Essa divulgação deve ser bem-estruturada, com orientações e objetivos claros para despertar o interesse de todos.

Isso porque, em alguns casos, essa metodologia pode ser uma grande novidade para toda a empresa. Sendo assim, outro fator de grande relevância é a disseminação da cultura educacional. Ela faz com que a equipe abrace a causa e se engaje com novas iniciativas, por entender que a organização preza pelo seu desenvolvimento profissional.

Dessa forma, a equipe se sente parte importante e valorizada do negócio, oferece feedbacks sem receios para o aperfeiçoamento constante dos processos, colabora e facilita a estruturação para a implementação de novas soluções educacionais.

Resultados

Mensurar os resultados é outra medida essencial para avaliar se as estratégias adotadas foram de fato eficientes para o negócio. Na maioria das vezes os conteúdos microlearning são disponibilizados on-line e por meio de plataformas, o que facilita muito o acompanhamento dos resultados.

Identificar os indicadores relevantes para os principais objetivos e o atual cenário da empresa também ajuda muito nessa etapa. Assim, é possível monitorá-los e indicar as melhores medidas a serem adotadas de acordo com as necessidades e feedbacks dos alunos.

Quando utilizar?

O microlearning pode ser muito eficiente e benéfico para um negócio, mas, apesar de ser uma estratégia ampla, é preciso saber qual o melhor momento para utilizá-lo. A seguir, elegemos as três situações mais comuns para apresentar conteúdos rápidos e objetivos. Acompanhe!

Oferecer informações específicas

Diversas informações específicas precisam ser repassadas para os colaboradores com muita frequência em uma empresa, e o microlearning é uma ótima solução. Pode ser usado, por exemplo, para informar uma nova regra e as novas orientações de uma atividade específica para alcançar melhores resultados de forma clara e rápida, sem uma grande demanda de tempo e custos.

Esses conteúdos podem ser abordados de duas formas: por ações pontuais ou em séries. O primeiro caso disponibiliza-se pouco material logo que se percebe a defasagem de informação. O segundo é mais aprofundado, sendo cada série de conteúdo focada em um aspecto diferente do tema.

Vamos contextualizar com o momento em que estamos vivendo, a pandemia de Covid-19. A conscientização precisa ser constantemente reforçada e diversas medidas de proteção e segurança precisam ser adotadas no dia a dia de trabalho. Apesar da ampla divulgação, muitas pessoas ainda não compreendem o que podem fazer para ajudar a controlar o contágio da doença. As orientações internas da empresa podem ser informadas por meio de um conteúdo microlearning, de forma mais objetiva e interativa.

Complementar o treinamento tradicional

O microlearning também pode ser utilizado como complemento de treinamentos corporativos tradicionais. Por exemplo, se a empresa precisa reforçar algumas instruções ou conceitos, é conveniente disponibilizar um material objetivo e prático após o treinamento para que os colaboradores possam fixar melhor o conteúdo, principalmente as partes mais relevantes para o negócio.

Vale lembrar que essa metodologia disponibiliza vários formatos de conteúdo, sendo muito apropriado explorar as opções de acordo com os objetivos da empresa e as características do público-alvo. Assim, a estratégia será mais eficiente e a empresa conseguirá os resultados esperados.

Criar um conjunto de informações sobre um assunto

Um mesmo assunto pode ter diversos aspectos diferentes. Com o microlearning é possível abordá-los de forma fragmentada. Para isso, é necessário criar uma série de conteúdos sobre um assunto específico, como um software ou um procedimento, e disponibilizar de forma simples e objetiva.

Assim, os alunos podem acessar o material de qualquer lugar e a qualquer momento de acordo com as suas necessidades. Isso poupa muito tempo, já que o colaborador pode acessar apenas o conteúdo que ele tem dúvidas e aplicar de forma mais rápida o que foi aprendido.

Nesse sentido, é muito interessante para a empresa criar uma biblioteca microlearning, com assuntos diversos e de fácil acesso. Os conteúdos podem ser focados no dia a dia dos colaboradores, com o objetivo de mantê-los mais informados, atualizados e alinhados com os objetivos da organização.

Quais os benefícios para empresas e alunos?

O microlearning traz diversos benefícios não só para as empresas que o aplicam em suas estratégias de gestão, mas também para os colaboradores que podem acessar o seu conteúdo. A seguir, listamos as principais. Confira!

Para a empresa

Economia de recursos

Por ser um conteúdo curto e objetivo, o microlearning é um método de ensino que requer menos recursos financeiros. Produzir um vídeo ou um infográfico, por exemplo, não precisa de muito. Basta ter uma câmera, um espaço bacana e algumas horas para produzir o conteúdo. Além disso, o poder de alcance é muito grande, trazendo um enorme custo-benefício para a empresa que investe nessa modalidade.

Facilidade de compartilhamento

Como mencionado anteriormente, esse tipo de material pode atingir milhões de pessoas, portanto, o seu compartilhamento é consideravelmente facilitado. Isso porque um vídeo pode circular por diversas ferramentas de comunicação em questões de segundos. Além disso, os materiais também podem ser disponibilizado em uma plataforma, para que os colaboradores acessem a qualquer momento e de qualquer lugar.

Facilidade de produção

Um microlearning pode ser facilmente produzido em poucos dias, enquanto um treinamento tradicional requer até meses para ser elaborado e disponibilizado. Por isso, o ciclo de desenvolvimento dessa técnica é consideravelmente mais curto, o que é uma grande vantagem para a empresa, que consegue um retorno mais rápido de seus colaboradores e, consequentemente, nos seus resultados.

Facilidade de atualização

Por ser um aprendizado curto, as atualizações podem ser feitas com mais facilidade, de forma mais simples e rápida. O microlearning também permite a substituição ou remoção de um conteúdo específico, seja definitivamente ou temporariamente. Essa rapidez também reflete positivamente no tempo de resposta das empresas e nos resultados.

Para os alunos

Flexibilidade

Os diversos formatos que o microlearning disponibiliza permitem que os colaboradores acessem o conteúdo em qualquer momento e de qualquer lugar. Isso traz uma grande flexibilidade, concedendo aos usuários a possibilidade de estudar o material quando for mais conveniente, inclusive no momento que tiver alguma dúvida ou precisar de determinada informação.

Mobilidade

Com a transformação digital que vivemos, e os constantes avanços da tecnologia, é possível acessar os conteúdos microlearning de qualquer dispositivo com internet, como um smartphone ou um tablet, por exemplo. Assim, os colaboradores não precisam estar na frente de um computador ou dentro de um escritório para acessar o conteúdo e sanar possíveis dúvidas.

Rapidez

A falta de foco é um dos principais problemas no dia a dia de trabalho de qualquer negócio. Isso porque somos diariamente bombardeados com informações que se atualizam a todo instante. Por isso, esse método de ensino é tão eficiente, pois é bem-direcionado, curto, interativo e objetivo, diminuindo as possibilidades de dispersões.

Informações objetivas

A forma de abordagem dos conteúdos é uma das principais vantagens dessa metodologia. Todas as informações são direcionadas, específicas e objetivas. Ou seja, o material é disponibilizado na dose exata, abordando apenas o que é de interesse do tema e necessário para a devida execução das atividades.

Quais os tipos de formatos de conteúdo?

O microlearning permite que o conteúdo seja disponibilizado em diversos formatos, o que facilita muito a gestão do conhecimento. Pensando nisso, selecionamos as principais adotadas nas empresas. Confira!

Vídeos

Os vídeos são uma forma bastante comum e didática de abordar o conteúdo. Os campos visuais e auditivos são estimulados, o que facilita muito a compreensão do conteúdo e, muitas vezes, ajuda a manter os alunos concentrados.

Tutoriais online

Essa abordagem é muito útil para sanar dúvidas sobre questões específicas do dia a dia de trabalho. Ao executar uma nova tarefa, por exemplo, é comum esquecer ou ter insegurança em algum momento. Os tutoriais online podem ser muito úteis nesses casos.

Podcasts

Esse formato tem ganhado mais espaço nas estratégias de comunicação, e no microlearning não seria diferente. Cada vez mais empresas criam conteúdos para engajar e fortalecer a sua rede de clientes e colaboradores. Ou seja, eles podem ser utilizados tanto internamente quanto externamente.

Jogos

Essa é uma das formas mais divertidas de aprender, afinal, quem não gosta de um pouco de descontração. Empresas que utilizam o microlearning para motivar a equipe, por exemplo, podem criar jogos interativos como forma de engajar os colaboradores e mantê-los mais motivada, compartilhando e assimilando conhecimento de uma forma mais leve e divertida.

Quais as características dessa metodologia?

Uma das principais características do microlearning é a sua praticidade e objetividade. O método designa um objetivo específico para cada curso, ou seja, cada módulo é destinado a ensinar uma técnica, regra, metodologia ou recurso por vez. O principal objetivo é manter o aluno o mais focado possível em um único conhecimento, para garantir que ele seja assimilado.

Cursos muito longos, com conteúdos extensos e aprofundados tendem a dispersar os alunos com mais facilidade, além de tornar o processo de aprendizagem mais cansativo. Assim, a empresa não conseguirá atingir os seus resultados e perderá o foco do seu público.

Outra característica do microlearning é o leque de possibilidades no formato de conteúdos. É possível utilizar vídeos, podcasts, infográficos, imagens, slides, entre outras tantas opções. Isso permite atingir mais pessoas, abrange o conhecimento e torna o processo de aprendizagem mais interativo.

Como a MicroPower pode ajudar?

A MicroPower é uma empresa líder no desenvolvimento de soluções tecnológicas, inclusive para a implementação e a gestão da aprendizagem (e-Learning). Nós oferecemos um amplo conjunto de tecnologias que garantem a eficiência do desenvolvimento humano na organização.

Oferecemos uma plataforma completa, inclusive com metodologia microlearning, alinhando tecnologia, conteúdos e metodologia. Nossos serviços e ferramentas garantem a produtividade e a eficácia do aprendizado no ambiente corporativo. Também oferecemos serviços técnicos e de consultoria, ou seja, tudo que a sua empresa precisa para uma gestão de aprendizagem de sucesso.

Como você pôde perceber, o microlearning é uma poderosa ferramenta para a educação corporativa, que tem como principal objetivo atender as necessidades das empresas por meio da capacitação dos colaboradores de forma rápida e objetiva. Foi possível entender como funciona no dia a dia da empresa, em quais situações é mais aplicado, conhecer os diversos benefícios que traz tanto para a empresa como para os colaboradores e também os diversos formatos que podem ser adotados.

Além disso, você também pôde entender as características dessa metodologia e como a MicroPower pode ajudar a implementar essa solução no seu negócio. Nossa plataforma é completa e oferece diversas soluções eficientes para o engajamento e a qualificação do seu time.

E aí, gostou do nosso conteúdo? Quer implementar o microlearning no seu negócio? Entre em contato conosco e conheça as nossas soluções!