Com uma economia globalizada e a crescente concorrência de mercado, as empresas precisam buscar constantemente por diferenciais competitivos. Uma das formas mais eficientes para alcançar esse objetivo é investir em capacitação e desenvolvimento da equipe. Afinal, apostar em capital humano é o mesmo que promover o sucesso de um negócio. O Rapid Learning é um método de ensino que vem ganhando cada vez mais espaço pela sua praticidade e eficiência.

Pensando nisso, fizemos este post para que você esclareça as principais dúvidas acerca desse assunto, como o que é Rapid Learning, como funciona, como implantar e como otimizar os resultados a partir de sua aplicação. Acompanhe!

1. O que é Rapid Learning?

Traduzindo para o português, o termo significa “aprendizagem rápida”, e a sua agilidade não compromete a qualidade e a completude do ensino. Trata-se de um método de aprendizado muito prático realizado com e-Learning, ou seja, cursos a distância que são oferecidos por meio de uma plataforma digital ou outro tipo de suporte eletrônico.

Os cursos nesse formato são ricos em conteúdo, com materiais altamente didáticos e de fácil entendimento, que podem ser completamente apresentados em menos de uma hora sem comprometer a qualidade da aprendizagem. O principal objetivo dessa ferramenta é resumir as informações e apresentá-las de forma clara e direta, fazendo com que o conteúdo ali passado seja efetivamente absorvido.

Vale ressaltar que, antes de qualquer medida de aprendizagem, é essencial a empresa investir de forma contínua na educação corporativa e fazer com que ela seja parte de sua cultura. Dessa forma, qualquer nova ferramenta de ensino será mais bem aceita e aproveitada pelos colaboradores e, por consequência, a empresa alcançará melhores resultados.

2. Como funciona?

Como mencionado, esse método de ensino é realizado por meio de cursos e-Learning. O primeiro passo a ser dado pela empresa é investir em uma plataforma digital de qualidade para acomodar e gerenciar os materiais. Essa etapa é muito importante, pois de nada adianta criar conteúdos ricos se os colaboradores não conseguirem acessá-los com facilidade.

Outro fator que precisa ser considerado e definido são os objetivos do curso. Assim, é possível compatibilizá-los com as vantagens e limitações do Rapid Learning e oferecer conhecimento de forma prática e eficiente, sem gastos desnecessários.

Para que essa metodologia seja, de fato, eficiente, também é essencial que os materiais tenham uma abordagem objetiva, dinâmica e eficaz. Afinal, todo o conhecimento precisa ser absorvido da melhor forma possível em um curto espaço de tempo. Os materiais devem ser constantemente atualizados, podendo ser reaproveitados e inovados de maneira contínua.

3. Quais as principais aplicações?

Apesar de o método de ensino Rapid Learning oferecer diversas vantagens, é preciso aplicá-lo de forma inteligente, ou seja, em situações específicas, nas quais seja preciso ter maior aproveitamento em menos tempo. Afinal, existem diversas outras formas de implementar a educação corporativa que podem ser mais eficazes, a depender dos objetivos e expectativas que a empresa deseja alcançar.

O Rapid Learning é muito útil quando existe uma demanda de treinamento urgente, em que o conhecimento precisa ser absorvido rapidamente. A mudança de alguma legislação que afeta as atividades desenvolvidas em um setor, por exemplo, precisa ser repassada o quanto antes para que os processos, condutas e outros fatores possam ser adequados sem causar prejuízo à organização.

Ele também é muito utilizado quando os recursos para treinamentos corporativos estão escassos, e ainda assim, os resultados precisam ser melhorados. A empresa pode optar por cursos mais simplificados e diretos, desde que os efeitos estejam de acordo com os seus objetivos.

4. Como implantar?

Invista em uma boa ferramenta LMS

Uma plataforma Learning Management System (LMS), também conhecida como plataforma e-Learning, é fundamental para a implantação do método de ensino Rapid Learning. Trata-se de um sistema com diversos recursos para auxiliar o aprendizado on-line, incluindo planejamento e avaliação de tarefas.

Além disso, essa plataforma oferece mais flexibilidade e mobilidade aos colaboradores, que podem ter acesso ao conhecimento a qualquer hora e de qualquer lugar. Vale ressaltar que essa escolha é muito importante, pois os profissionais precisam ter uma boa experiência para conseguirem otimizar o aprendizado.

Recicle materiais de qualidade

É possível atualizar e reaproveitar materiais de qualidade que já foram produzidos ou utilizados pela empresa anteriormente no processo de educação corporativa. Isso não significa copiar e colar, e sim utilizar partes relevantes desses materiais em alguns tópicos do Rapid Learning. Por exemplo, se há um vídeo de longa duração, é possível utilizar apenas trechos pontuais que forem interessantes para o curso.

Defina os objetivos

É fundamental que a empresa tenha clareza em seus objetivos antes de aplicar essa metodologia de ensino, pois o aprendizado com Rapid Learning deve ser totalmente potencializado. Isso permite que a organização escolha as melhores soluções de acordo com os seus interesses e com as necessidades de seus colaboradores.

5. Como otimizar os resultados?

Os resultados podem ser otimizados quando o Rapid Learning é empregado de forma consciente e inteligente, ou seja, em que os resultados esperados estejam de acordo com a metodologia de ensino e suas limitações não comprometam a qualidade da aprendizagem.

Embora possa ser aplicado para treinamento técnico, ele é mais indicado para treinamento comportamental, em que o principal intuito é melhorar o desempenho dos colaboradores. Nesse caso, ele se torna mais eficiente por se tratar de questões práticas, em que o conhecimento é mais pontual e objetivo.

Disponibilizar o conteúdo em formatos interativos e compatíveis com diversos dispositivos também é uma maneira de otimizar os resultados. Assim, os colaboradores conseguem acessar o conteúdo com facilidade, de qualquer lugar e a qualquer hora.

Como foi possível perceber, o Rapid Learning é uma ferramenta muito eficaz para o processo de aprendizagem e capacitação dos colaboradores de uma empresa, tornando-o mais rápido, prático e eficiente. Entre suas principais vantagens estão a agilidade e o baixo custo de sua implementação, rapidez na produção e transmissão de conhecimento, facilidade em manter e atualizar os conteúdos, dinâmica no aprendizado, absorção ágil e qualificada do conhecimento.

E aí, gostou do nosso conteúdo? Quer acessar mais artigos relevantes como este? Então, assine a nossa newsletter e receba as novidades!