Guia completo sobre liderança corporativa nas empresas

A liderança corporativa é essencial para o sucesso de uma organização, pois desempenha um papel relevante no cotidiano do negócio. Um líder competente e presente contribui para o bom desempenho e desenvolvimento, mas para isso ele precisa encontrar um ambiente de trabalho favorável para esse crescimento.

Uma empresa pode ter um grande produto ou serviço, mas se não tiver uma gestão competente, tanto financeira quanto pessoal, terá o seu crescimento limitado. Quando a liderança é executada de maneira correta, garante uma rotina organizada, sendo possível identificar as ameaças e oportunidades, buscando diferentes caminhos de atuação no mercado, novas metas e investimentos.

Neste guia, mostraremos diversos aspectos sobre a liderança corporativa, como os desafios, a importância dela e os estilos diferentes que fazem parte da gestão empresarial. Além disso, mostraremos algumas ferramentas que podem otimizar esse setor, além de mostrar como analisar resultados. Venha conosco!

Conheça os desafios da liderança corporativa

Liderar não é uma tarefa simples, pois são diversos aspectos que devem ser controlados, como a motivação dos colaboradores, os resultados, a resolução de problemas, entre outros. É preciso habilidade para superar os problemas e encontrar soluções criativas. Vamos conhecer os principais desafios da liderança corporativa!

Delegar tarefas

Saber delegar tarefas é importantíssimo para que o líder seja eficiente, trazendo bons resultados para a organização. Muitas vezes a liderança não confia no potencial dos colaboradores, o que gera uma cultura de centralização, prejudicando a produtividade de toda a equipe.

Comunicar com eficiência

A comunicação é um dos segredos para uma boa liderança. Saber ouvir e dar feedback são características que contribuem para que o líder seja respeitado. Além disso, ele precisa de habilidade para passar as informações corretamente, contribuindo para que os profissionais saibam o que deve ser feito.

Manter o engajamento dos colaboradores

Manter o engajamento dos colaboradores é um desafio para grande parte dos líderes. É preciso saber lidar com os diferentes tipos de comportamento, tirar o melhor de cada profissional e promover um ambiente de trabalho agradável. Nem sempre o colaborador está com motivação para desempenhar sua função, sendo papel do líder encontrar maneiras de mudar essa situação.

Prever problemas e trazer soluções

Um líder competente é capaz de trazer soluções para os problemas. Além disso, ele também precisa ter habilidade para prever desafios que possam comprometer o fluxo de trabalho. As previsões nem sempre se cumprem, porém, contribuem para que novas medidas e atitudes diminuam os impactos, resolvendo situações ao longo do caminho.

Promover mudanças

Outra atribuição importante da liderança é promover mudanças. Os colaboradores costumam ser resistentes a novas ferramentas ou métodos, sendo que o líder deve convencê-los sobre a importância dessa modificação e os benefícios que ela trará para a organização.

Entenda a importância de uma boa liderança corporativa

A liderança é extremamente importante nos processos de qualquer organização. Os líderes são os responsáveis pela gestão de pessoas, imprimem a cultura da empresa e engajam a equipe. Eles também devem conseguir promover a visão e valores de acordo com os objetivos do negócio.

O líder é um representante da organização, precisando compreender seu funcionamento e a importância dos setores e processos. Quando a liderança corporativa é eficiente, traz impactos positivos para os resultados. Confira alguns deles!

Proporciona engajamento e motivação

Quando o líder trabalha de forma humana, entendendo as necessidades dos colaboradores e conduzindo os processos com eficiência, o engajamento e a motivação dos profissionais são facilmente notados. Esses são aspectos importantíssimos para a retenção de talentos, algo relevante para o crescimento da organização.

Uma liderança inspiradora consegue promover mudança de comportamento nos liderados, incluindo o desejo de evolução como profissionais. Sendo assim, a empresa contará com colaboradores dispostos a crescerem profissionalmente, melhorando suas habilidades e competências.

Melhora a produtividade

Com uma equipe mais engajada e motivada, a produtividade também cresce, pois os profissionais estarão compromissados em oferecer um serviço de qualidade. Além disso, o líder eficiente consegue tirar o melhor de cada colaborador, sendo possível aproveitar as habilidades da maneira correta.

Desse modo, o fluxo de trabalho será otimizado, já que os trabalhadores agirão de acordo com as suas competências. A verificação de erros e gargalos no processo também será otimizada, sendo mais fácil buscar soluções.

Melhora o clima organizacional

O líder também é responsável por melhorar o clima organizacional. Ele precisa saber lidar com os egos, resolver conflitos e não permitir que o ambiente se torne uma disputa individual.

Com uma comunicação clara e habilidades de gestão, ele consegue compor uma equipe colaborativa, que trabalhará sempre visando o crescimento coletivo e da empresa. Sendo assim, problemas de relacionamento são evitados, deixando que as atividades aconteçam de forma agradável.

Potencializa os resultados

O ambiente produtivo também potencializa os resultados. Em uma organização é normal procurar atingir metas e objetivos, sendo que, com todos focados em alcançá-los, as chances de conquistar o que foi planejado aumentam.

Com uma visão geral mais completa e eficiente, o lucro é outro benefício adquirido. Esse processo ainda possibilita que a empresa realize novos investimentos, qualificando os colaboradores e aumentando a velocidade de crescimento do negócio.

Compreenda a influência da transformação digital

Outro processo importante para a liderança corporativa é a gestão de mudanças. Os líderes precisam ter capacidade para engajar seus colaboradores e evitar a resistência em transformações que serão feitas na empresa, como a transformação digital e a adoção da tecnologia em determinados processos.

A transformação digital é um processo que leva as organizações a usarem a tecnologia para melhorar o desempenho, aumentar o alcance e garantir resultados melhores. Ela não é apenas um conceito, mas uma mudança estrutural, que coloca as ferramentas tecnológicas como essenciais.

Diversos processos da empresa podem passar por essa transformação, como a gestão de RH, o controle sobre os dados, as capacitações e treinamentos, entre outros. Para que os resultados sejam atingidos, também é necessária uma mudança de cultura, pois os colaboradores precisam aceitar e entender essa nova fase.

A liderança do futuro, então, precisa ter habilidade e mostrar as vantagens que a transformação digital traz para empresa, para os colaboradores e para o negócio como um todo. Somente ao entender que essa mudança também trará benefícios para o fluxo de trabalho, o colaborador consegue se engajar de verdade na estratégia.

É possível, por exemplo, usar o e-Learning para demonstrar como o processo de treinamento pode ser otimizado. Com essa estratégia de capacitação, os colaboradores são mais livres para se desenvolverem de acordo com suas necessidades e tempo disponível.

O treinamento tradicional, em que vários profissionais se reuniam em uma sala para ouvir uma palestra ou fazer um curso, perdeu espaço para o que o meio digital oferece. Com um dispositivo que tenha acesso à internet, o colaborador consegue acessar aulas em vídeos, materiais escritos e diversos conteúdos relevantes para o seu aprimoramento profissional.

Confira os tipos de liderança

Existem diferentes métodos e estilos para liderar, sendo que cada um deles traz algumas peculiaridades, sendo mais efetivos em algumas situações específicas. Vamos conhecer os principais tipos de liderança!

Autocrática

Nesse modelo, o líder é o foco das atenções e responsável todas as decisões. Ele centraliza o poder e não dá chance para que os liderados participem. Desse modo, os colaboradores são constantemente cobrados, pressionados e não têm liberdade para sugerir mudanças.

Uma liderança muito severa pode causar o turnover e a perda de talentos, pois gera descontentamento nos profissionais, um clima organizacional desagradável e desmotivação. Sendo assim, os colaboradores estão mais dispostos a procurar outras oportunidades de emprego.

Democrática

O líder desse modelo conduz suas ações de modo democrático, incluindo seus liderados nas decisões e permitindo que participem diretamente da construção de estratégias e resultados. Sendo assim, ele consulta opinião da equipe, pedindo ideias, feedbacks e solicitando sugestões sobre novas maneiras de crescimento.

O foco está no bem-estar coletivo, no desenvolvimento dos profissionais e oportunidades para que eles cresçam. Com essa gestão, a prioridade é oferecer um clima organizacional agradável, o que pode ser feito por meio do reconhecimento e valorização dos colaboradores, entre outras estratégias. O resultado é a diminuição da rotatividade, sendo mais fácil manter uma equipe coesa e produtiva.

Liberal

A liderança liberal oferece total liberdade aos colaboradores, dando a eles oportunidade de tomar decisões e encontrar soluções para resolver os problemas da empresa. A figura do líder é praticamente desnecessária, pois a organização acredita que os profissionais são maduros, qualificados e capazes de gerenciar o seu próprio trabalho, sem o acompanhamento de um superior.

Entretanto, essa liberdade de autonomia pode causar acomodação, já que os resultados não são cobrados diretamente por ninguém. Isso afeta a produtividade a e motivação dos colaboradores, pois a falta de feedbacks sobre o desempenho e a qualidade do serviço limitam a possibilidade de crescimento.

Situacional

Esse é um modelo de liderança adaptativo, no qual o gestor se baseia pelo nível de maturidade dos profissionais da empresa. Dessa forma, ele consegue se adequar, com mais rapidez, agilidade, estratégia e inteligência às suas necessidades e demandas específicas.

O líder precisa resolver diversas situações diferentes, ser eficiente com profissionais experientes e novatos. Para isso, ele deve ser capaz de analisar os contextos, o nível de capacitação técnica, comportamental e emocional do colaborador, conseguindo atribuir as tarefas corretamente, para obter o retorno esperado.

Coaching

No estilo de liderança coaching, o foco de líder é desenvolver o potencial de cada colaborador. Desse modo, ele consegue identificar competências e habilidades dos profissionais, trabalhando para o desenvolvimento e estimulando a autoconfiança.

Além disso, o líder também tem uma comunicação clara, sabendo dar feedbacks de correção, reconhecimento e melhoria. O objetivo é orientar, estimular e motivar o aprimoramento regular dos profissionais da sua equipe.

Entenda a necessidade de aprimoramento constante

Por ser uma área de tamanha relevância para a empresa, a necessidade de aprimoramento constante é evidente. O treinamento de liderança ajuda a criar características importantes de maneira que os profissionais estejam preparados para os desafios do negócio. Veja como conduzir esse processo!

Estruturar um programa de acordo com as habilidades necessárias

Para que um treinamento seja produtivo, é preciso ter objetivos e metas claras. Treinar apenas porque é correto, não leva o colaborador a um crescimento que será relevante para a organização, visto que não há um caminho que precisa ser percorrido.

Por isso, é importante compreender quais habilidades são necessárias e precisam ser desenvolvidas. Desse modo, o treinamento será direcionado para essas áreas, trazendo competências e habilidades que contribuirão para o cotidiano do líder.

Fazer gestão de performance

A gestão de performance também é relevante, contribuindo para entender em que aspectos o profissional deve melhorar. Essa é uma estratégia que permite compreender a participação do colaborador na empresa, elaborar um planejamento para a carreira dele e acompanhar o desempenho nas atividades realizadas.

O monitoramento desses elementos facilita a identificação dos pontos fortes e fracos do colaborador. Por consequência, a elaboração de um programa de treinamento será mais efetiva, pois atuará diretamente nos desafios e problemas do líder, tornando-o um profissional mais completo.

Promover a continuidade do treinamento

Para que o aprimoramento seja efetivo, é importante que o treinamento tenha continuidade, cumprindo um objetivo claro. O colaborador deve entender os motivos de ser treinado e como o desenvolvimento é importante para a carreira. Com isso, o engajamento no programa será maior, trazendo a evolução esperada pela empresa.

Uma simples ação ou palestra, por exemplo, não é suficiente para que todos os problemas de liderança sejam solucionados. Aos poucos, os profissionais devem aprender novos métodos, abordagens e desenvolver características que serão úteis para seus papéis de líderes.

Aproveitar a tecnologia

A tecnologia também pode ser aplicada para melhorar o processo de treinamento de liderança. Algumas ferramentas podem ser usadas para otimizar as capacitações e tornar o desenvolvimento mais dinâmico.

Além disso, por meio da tecnologia é mais fácil medir os resultados do treinamento, assim como avaliar a participação dos líderes no projeto. Desse modo, o retorno tende a ser mais positivo, trazendo vantagens para a organização.

Saiba a importância do feedback para os liderados

Outra prática importante para liderança corporativa é o feedback regular para os colaboradores. Essa é uma estratégia que possibilita que a empresa demonstre o que quer, reconheça o esforço realizado e direcione seus profissionais de acordo com os objetivos do negócio. Vamos ver alguns benefícios que ele oferece!

Aumenta a motivação

Um bom líder é capaz de reconhecer os esforços da equipe, dizendo claramente os pontos fortes e ressaltando a habilidade dos funcionários. Desse modo, os colaboradores estão motivados a entregar um serviço de qualidade e produzir cada vez mais para o negócio.

É preciso habilidade para que o feedback positivo seja claro, direcionado e não apenas uma bajulação. Além disso, o líder não deve ter ciúme dos liderados e medo de ressaltar os pontos fortes da equipe, melhorando o clima organizacional.

Corrige erros

Em alguns casos o feedback também precisa ser corretivo, ou seja, orientar os colaboradores sobre algo que foi feito de forma errada. Ele também é muito importante, pois ajuda a diminuir os erros e coloca os profissionais no rumo desejado.

Para que essa estratégia não seja negativa, é preciso ter cuidado e tato ao passar esse feedback aos colaboradores. Se o erro é da equipe, converse com todos e demonstre o que pode ser feito. Quando a falha for individual, é mais interessante procurar o colaborador em particular, não expondo seu erro para os demais.

Possibilita o crescimento coletivo

Assim como o líder deve proporcionar o feedback aos seus liderados, ele também precisa dar espaço e liberdade para que eles deem sugestões e retorno sobre o trabalho realizado. Algumas orientações dos colaboradores podem melhorar o ambiente de trabalho e a produtividade da equipe.

Com esse espaço aberto, o crescimento da equipe será coletivo, possibilitando melhoras individuais e coletivas para o líder e seus liderados. Sendo assim, o fluxo de trabalho será otimizado e os resultados, potencializados.

Conheça ferramentas úteis para um bom líder

Algumas ferramentas ajudam a qualificar o trabalho dos líderes, sendo importante utilizá-las para melhorar o desenvolvimento dos colaboradores e a motivação da equipe. Confira algumas delas!

E-learning

O termo e-Learning representa o que chamamos de aprendizagem eletrônica. Ele é uma metodologia de ensino não presencial, que aproveita os recursos tecnológicos, sendo muito útil para treinamentos corporativos.

A plataforma de e-Learning é boa para interagir, gerenciar e distribuir conteúdos digitais, facilitando o desenvolvimento do profissional. Dessa forma, o treinamento é feito de maneira flexível, dando a oportunidade que o próprio profissional desenvolva seu ritmo de aprendizagem.

Gamificação

A gamificação é uma ferramenta que pode ser aplicada de diferentes maneiras dentro do contexto corporativo. Ela é eficiente para aumentar a produtividade da equipe, proporcionar o engajamento dos colaboradores e qualificar os treinamentos.

O objetivo principal dessa estratégia é utilizar mecanismos que tornem os processos, seja de treinamento ou cotidianos, mais dinâmicos. Para isso, elementos comuns aos jogos são empregados para promover a aprendizagem e o engajamento.

Gestão de performance

Um bom líder também precisa estar atento ao desempenho de seus comandados. O gerenciamento de performance está ligado ao acompanhamento da rotina da empresa, desde as atividades individuais até o monitoramento dos processos que envolvem o fluxo de trabalho.

A tecnologia ajuda a otimizar esse processo. Sistemas como o Performa 5 oferecem soluções para que a inteligência desenvolvida para a gestão de performance escale seus resultados. Assim, é possível acompanhar indicadores estratégicos, além de oferecer capacitações e cursos on-line, por exemplo.

Saiba como fazer a análise de resultados de liderança corporativa

Para que todo o processo de liderança corporativa seja avaliado, é importante fazer a análise de resultados. Ela traz informações que permitem entender a evolução da organização, de seus colaboradores e oferece base para que correções e melhorias sejam feitas. Veja como analisar!

Defina os objetivos

Para avaliar os resultados, o primeiro é preciso definir quais são os objetivos e metas em curto, médio e longo prazo, entendendo o que é necessário para o crescimento da organização. Desse modo, é mais fácil analisar de forma realista o desempenho e o crescimento.

Estabeleça indicadores

Além disso, é preciso estabelecer indicadores para mensurar os resultados de maneira correta. Com a definição das metas e os objetivos, deve-se apontar quais são os dados que podem auxiliar no acompanhamento de performance da organização.

Para isso, é possível utilizar dados das ferramentas utilizadas. Se o objetivo é o desenvolvimento de habilidades, por exemplo, é possível acompanhar como cada colaborador se comportou nas trilhas de aprendizagem e o resultado que o conhecimento trouxe para sua produtividade.

Monitore regularmente os resultados

O monitoramento desses indicadores deve ser feito regularmente, de acordo com o período que a empresa julgar relevante. Algumas escolhem fazer esse levantamento semestralmente, para que as medidas necessárias sejam tomadas com mais rapidez, acelerando o crescimento do negócio.

Gere relatórios

Depois de analisar os dados, também é interessante elaborar relatórios. Esses documentos facilitarão as análises futuras, pois possibilitam que os indicadores sejam consultados de forma rápida e objetiva.

Além de detalhar os resultados, o documento pode apresentar uma linha de tendências para os próximos meses e, ainda, definir quais serão as metas e objetivos da empresa. Por meio do relatório, é possível estruturar o plano de ação com etapas e prazos definidos que visam ao crescimento da empresa dentro de determinado período.

Proponha soluções

De nada adianta avaliar os resultados e verificar o desempenho dos colaboradores, se nenhuma solução for proposta. A ideia de fazer o monitoramento compreende tomar decisões que ajudem a melhorar o fluxo de trabalho e eliminem os erros e gargalos da produção.

Se durante a análise for notado algum aspecto que deve ser melhorado, é importante propor soluções para que ele seja, de fato, otimizado. Desse modo, os detalhes passam a ser corrigidos, melhorando os resultados da organização.

Neste texto, trouxemos um guia completo sobre liderança corporativa nas empresas, demonstrando como ela é importante para o sucesso e crescimento do negócio. Os líderes são capazes de motivar e engajar sua equipe, encontrar falhas e explorar o potencial dos colaboradores de forma correta.

Com esse papel importante na organização, é fundamental capacitá-los para que exerçam uma liderança positiva. Portanto, invista no treinamento dos líderes do seu negócio, permitindo que eles desenvolvam características que serão úteis de diversas maneiras.

Quer saber como melhorar a liderança da sua empresa? Então, entre em contato conosco e veja de que maneira a MicroPower pode contribuir!

Compartilhe: