Valorizar quem se destaca com bom desempenho dentro do seu time: a remuneração estratégica é uma excelente opção para motivar os funcionários. Além disso, ela tende a aumentar o alinhamento das ações exercidas com os objetivos da empresa. Em várias modalidades, a remuneração estratégica normalmente é feita de forma individual, mas também pode contemplar uma premiação coletiva para um setor ou equipe.

Neste artigo, você confere como esse método, que é uma ferramenta excelente para os trabalhos de uma liderança corporativa, pode ser implementado na sua empresa. Afinal, contar com uma estratégia que ajuda na retenção de talentos, diminui as taxas de turnover e aumenta a produtividade é uma excelente medida. Boa leitura!

Desenvolva um plano eficiente para a remuneração estratégica

O planejamento é fundamental para que você consiga comunicar e envolver toda a equipe. A gestão de RH pode contribuir alinhando as expectativas e garantindo que todos entendam com clareza quais serão os tipos de remuneração oferecidos, além de apontar o que a empresa deseja como meta a ser alcançada.

Defina as recompensas oferecidas para seus empregados

Existem diversos benefícios que podem ser oferecidos como remuneração estratégica. Sua empresa não precisa adotar vários deles para que os funcionários se sintam motivados. Pesquise as opções que outras companhias costumam oferecer para entender a ideal para suas equipes. Os principais tipos de remuneração estratégica são:

  • plano de saúde;
  • vale refeição e alimentação;
  • participação nos lucros;
  • plano de aposentadoria complementar;
  • bonificação por objetivos alcançados (como comissão de vendas);
  • remuneração por competências ou habilidades.

Observe o perfil dos seus funcionários

Para que a sua empresa estimule o desenvolvimento de pessoas e consiga os resultados desejados, é preciso analisar como seus empregados reagem. Alguns setores podem ser mais competitivos, e a valorização daqueles que se destacam é indicada para esse caso.

Entretanto, existem times que precisam atuar em sincronismo para que tudo funcione bem. Nesse caso, dar um benefício quando o time alcançar a meta pode ser o ideal, por exemplo, o 14º salário.

Alinhe a remuneração estratégica com os objetivos do seu negócio

Assim como as formas de gamificação, esse recurso consegue melhores resultados quando alinhado aos objetivos do negócio. Então, antes de definir a meta que oferecerá um retorno extra para os funcionários, observe o que a empresa precisa alcançar.

Se o foco está em aumentar o faturamento da empresa, talvez a remuneração estratégica possa estar ligada às vendas. Já para uma empresa que deseja se posicionar de determinada forma no mercado, é possível que o mais indicado seja monitorar o índice de satisfação do cliente e métricas relacionadas ao atendimento, por exemplo.

Conte com a tecnologia para fazer a gestão da remuneração estratégica

A ferramenta certa é fundamental para garantir o melhor retorno com esse tipo de remuneração. Uma plataforma pode ajudar a acompanhar o desempenho de cada funcionário e equipes, além de oferecer metodologias para ajudar no desenvolvimento para que os colaboradores alcancem as metas estabelecidas.

Viu como é possível implementar essa técnica, conseguindo os benefícios da remuneração estratégica na sua empresa? É importante fazer uma análise do orçamento e entender se o que será oferecido não influenciará o faturamento do negócio. Vale a pena contar com esse tipo de estratégia, pois ela elevará a qualidade do serviço entregue pela sua equipe.

Se você gostou deste artigo, leia nosso texto sobre rotatividade de funcionários, descobrindo as causas e como evitá-la!