A gestão de conhecimento é um conceito cada vez mais comum nas empresas que buscam se destacar no mercado competitivo. Apesar de ser uma ferramenta poderosa para potencializar os resultados de um negócio, muitos empreendedores ainda não conhecem ou têm dúvidas sobre como implementá-la no dia a dia de trabalho de seus colaboradores.

Em uma sociedade na qual a qualificação profissional é cada vez mais valorizada e reconhecida, e novas informações surgem diariamente, é indispensável que uma empresa, independentemente de seu porte, busque estratégias para melhorar seus resultados por meio de aquisição de conhecimento.

Pensando nisso, fizemos este post para que você entenda o que é a gestão de conhecimento, qual a sua importância e como aplicá-la em uma empresa. Boa leitura!

O que é gestão de conhecimento?

O conhecimento consiste no entendimento da importância percebida em um problema e na obtenção das melhores soluções a partir de informações, experiências e estudos. Sendo assim, a gestão de conhecimento é o processo de criar, compartilhar, aplicar e gerenciar todo o conhecimento de uma empresa, a fim de potencializar os seus resultados e melhorar constantemente os processos.

É preciso identificar quais conhecimentos estão à disposição da empresa e quais ainda são necessários para o seu desenvolvimento. Além disso, para alcançar os seus propósitos, a gestão de conhecimento precisa cumprir quatro objetivos, que veremos a seguir.

Reunir o conhecimento

É preciso organizar e estruturar as informações por meio de documentos, como relatórios, apresentações, artigos e manuais.

Facilitar o acesso a esse conhecimento

As informações precisam ser acessadas sem dificuldades, e isso depende muito da transparência da empresa.

Melhorar o ambiente organizacional

Incentivar o compartilhamento de conhecimento entre os colaboradores e criar um ambiente de colaboração mútua é uma ótima forma de alcançar esse objetivo.

Valorizar o conhecimento

É indispensável investir, disponibilizar e valorizar o conhecimento da equipe.

Qual a sua importância?

A gestão de conhecimento é muito importante não só para os colaboradores, como também para a empresa. Afinal, quanto mais capacitado for um colaborador, melhores serão os resultados obtidos por ele, o que impacta diretamente o desenvolvimento de um negócio. Ou seja, tudo que for investido na qualificação do profissional terá reflexos positivos no desempenho da empresa.

Para isso, é indispensável que a organização veja os seus colaboradores como capital intelectual. Assim, é possível implementar a gestão do conhecimento da forma mais eficaz possível e usufruir de seus resultados.

Entre as vantagens dessa metodologia, podemos citar a melhoria do ambiente de trabalho, que torna-se favorável a um bom desempenho, sendo um facilitador para:

  • troca de conhecimento e experiências;
  • otimização e exploração do potencial individual dos colaboradores;
  • atração e retenção dos melhores talentos, já que eles buscam empresas que investem na sua capacitação e valorizam o seu potencial;
  • aumento da produtividade e da motivação da equipe;
  • geração de valor para a empresa.

Como aplicá-la em um negócio?

Diversas medidas precisam ser adotadas para que a gestão do conhecimento seja aplicada da forma mais eficaz possível em um negócio. A seguir, listamos as principais. Confira!

Faça um diagnóstico atual

Conhecer a situação atual da empresa é o primeiro passo para identificar os pontos que precisam ser melhorados.

Para isso, é preciso realizar uma pesquisa detalhada sobre as pessoas (quem são, como se conectam e se comunicam), os processos (quais são os principais, quais as divergências entre os procedimentos escritos e executados), os conteúdos (quais contribuições internas e externas), a cultura organizacional (se ela favorece o compartilhamento de conhecimento), a tecnologia (se os programas, plataformas e aplicativos estão atualizados).

Mapeie o conhecimento

Realizar um mapeamento dos conhecimentos da empresa, identificando quais estão disponíveis e quais precisam ser implementados para melhor desempenho do negócio, é outra ação considerável para aplicar a gestão de conhecimento.

Planeje as ações

Com o diagnóstico da empresa e o mapeamento do conhecimento, é possível planejar as ações, ou seja, definir a visão, os objetivos e as estratégias para a implementação da gestão do conhecimento. É possível identificar quais são as medidas necessárias e organizá-las por ordem de prioridade na fase de implantação. Também é necessário definir os responsáveis por cada etapa e quais atividades serão realizadas.

Analise os tipos de conhecimento

Entender os tipos de conhecimento envolvidos nas atividades diárias do negócio também é outra ação relevante para implementar a gestão do conhecimento. Dessa forma, é possível identificar as estratégias mais adequadas para cada setor e direcionar os colaboradores para os treinamentos e cursos mais eficientes para o melhor desempenho de suas funções.

Promova a participação

Promover a participação dos colaboradores é fundamental para melhorar o engajamento da equipe, e criar um ambiente de trabalho mais colaborativo. Isso também pode ser alcançado incentivando a troca de experiência por meio de programas de mentoria, por exemplo.

Realize testes

Testar a eficiência do que foi planejado também é muito importante. É preciso executar um projeto-piloto para explorar e entender as ações que mais bem se aplicam e as que precisam ser melhoradas. Essa etapa é um aprendizado para a empresa e busca avaliar os resultados obtidos, a fim de minimizar os erros e encontrar as melhores estratégias para o negócio.

Acompanhe os resultados

Essa ação é indispensável para analisar se as medidas adotadas foram eficazes para suprir as necessidades da empresa. Assim, é possível aperfeiçoar as estratégias de negócio e potencializar os seus resultados constantemente.

Como visto, a gestão de conhecimento é uma estratégia indispensável para as empresas que buscam se manter competitivas e em destaque no mercado. Trata-se de um conjunto de ações que buscam gerenciar o conhecimento gerado diariamente na organização, com o objetivo de aplicá-lo e aperfeiçoá-lo para alcançar os melhores resultados.

Implementar essa metodologia pode não parecer tão simples, mas a tecnologia ajuda e muito nesse sentido. Há diversas ferramentas capazes de promover a integração dos setores por meio de sistemas que agilizam o dia a dia de trabalho, tornando as informações mais acessíveis e os processos mais eficientes. Para acertar na escolha é preciso entender as reais necessidades do negócio.

Se você gostou do texto, então confira agora mesmo nosso artigo Saiba tudo sobre Gestão do Conhecimento com esse guia completo, facilitando ainda mais sua gestão!