Os colaboradores de uma empresa são peças fundamentais para o seu sucesso. Por esse motivo, é importante que eles sejam preparados e motivados a terem autonomia para colocarem em prática toda habilidade e competência na execução das suas atividades. Nesse caso, contar com ferramentas de suporte e desempenho é uma ótima ideia.

Trata-se de mecanismos que buscam disponibilizar aos funcionários recursos que simplifiquem o trabalhado deles, com foco na orientação e apoio para que eles possam realizar o seu trabalho com mais qualidade, eficiência e produtividade possível.

Quer entender melhor como funciona esse processo e suas vantagens? Então, continue a sua leitura!

Existem vários métodos que podem ser aplicados no ambiente corporativo como ferramentas de suporte ao desempenho do colaborador. Confia alguma delas.

Coaching

Trata-se de um processo que promove o entendimento de que os objetivos e metas precisam evoluir constantemente, o que provoca um aceleramento no alcance dos resultados. Nesse caso, os integrantes da equipe são levados a ter um melhor autoconhecimento, entendimento dos seus interesses e orientados a compreender as suas habilidades e usá-las para gerar mais valor para a organização.

Mentoring

No mentoring, o profissional compartilha seus conhecimentos e experiências, além de orientar e aconselhar os funcionários, contribuindo para que eles consigam evoluir e se desenvolver com o decorrer do tempo.

Microlearning

O microlearning se trata de um método EAD bastante eficiente e que tem a finalidade de viabilizar que o processo de aprendizagem seja realizado em etapas menores, por meio da aplicação de cursos e demais metodologias que exigem um tempo menor de conhecimento.

Como os treinamentos com microlearning podem ser a solução?

Um treinamento com microlearning pode gerar uma série de vantagens importantes para um melhor desempenho da equipe e empresa. A seguir, vamos mostrar os principais:

  • ciclo de elaboração mais curto: o método de pílulas de aprendizagem pode ser criado de forma mais rápida; por isso, apresenta um ciclo de desenvolvimento menor, que auxilia as empresas a gastarem menos e enviarem o material em um tempo de resposta mais ágil;
  • simples de atualizar: caso seja necessário fazer atualizações, é possível realizá-la de forma rápida;
  • alto impacto: como é desenvolvido para atender um resultado específico de aprendizado, um alto impacto é gerado pelo fato do colaborar adquirir o que realmente precisava;
  • acessibilidade: o microlearning apresenta um bom custo-benefício, já que os mecanismos utilizados, como infográficos e outros formatos de conteúdo, são normalmente mais baratos e podem ser transmitidos a várias pessoas;
  • ampla aplicação: pode ser utilizado para demandas informais e formais de treinamento, seja de maneira autônoma, seja como parte de um conjunto de cursos.

Como encontrar esse tipo de solução no mercado e como aplicá-la na empresa?

Existem vários formatos disponíveis no mercado: vídeos interativos, infográficos, vídeos curtos, animações, e-books, PDF interativos, entre outros. Nesse caso, o tipo ideal deve ser escolhido em observância ao conteúdo e à forma como deve ser aplicado.

Além disso, é necessário escolher uma ferramenta de elaboração de conteúdo e-Learning, na qual é possível criar um modelo padrão para todos os navegadores e dispositivos, já que é essencial a viabilidade de desenvolver o próprio conteúdo e compartilhar seu acesso de forma simples para os usuários.

Como pode perceber, as ferramentas de suporte ao desempenho são fundamentais para aprimorar o conhecimento dos funcionários, além de colaborar para que possam se desenvolver como profissionais e gerar mais valor ao negócio. Então, esse pode ser o momento ideal de rever os recursos adotados pela empresa e, assim, aproveitar vantagens relevantes para o aumento da competitividade.

Achou este conteúdo interessante? Então, aproveite sua visita no blog para ler “Entenda o que é gestão de desempenho e quais os melhores métodos” e conheça um pouco mais sobre o assunto!