Com a ampla concorrência de mercado, os treinamentos corporativos são uma ótima opção para melhorar a performance de qualquer empresa. Além disso, trazem muitos outros benefícios para o dia a dia dos colaboradores, como maior índice de conhecimento e compartilhamento de informações, aumento do engajamento e motivação da equipe, processos mais apropriados, simplificação no desenvolvimento das tarefas e, consequentemente, potencialização os resultados.

A busca por qualificação pode se dar por diversas formas, seja presencial, seja online. Nesse sentido, a trilha de capacitação é muito útil, pois oferece diversos recursos a fim de o colaborador estudar de forma proveitosa e dinâmica, como vídeos, apresentações e atividades. No entanto, para que os treinamentos sejam de fato eficazes, desenvolver um calendário é fundamental. Assim, é possível planejar e determinar os mais compatíveis com os interesses da empresa ao longo do tempo.

Pensando nisso, fizemos este post para que você saiba como planejar um calendário de treinamentos corporativos para o ano todo de forma eficiente e benéfica para o seu negócio. Boa leitura!

Leve em conta as necessidades da empresa

O primeiro passo para elaborar um calendário de treinamentos corporativos efetivo para a empresa é levar em conta as suas reais necessidades, identificando as áreas que precisam de melhorias e as suas carências profissionais.

Isso pode ser apurado tomando conhecimento da opinião dos gestores e colaboradores por meio de questionários e reuniões, analisando as falhas cometidas ao longo dos anos, verificando as avaliações de desempenho, pesquisas de clima organizacional e de satisfação do cliente.

Todos esses documentos são capazes de oferecer dados muito relevantes para a escolha do treinamento ideal de acordo com os interesses do negócio. Assim, é possível ter uma visão sistêmica da instituição, identificar as necessidades de cada setor e propor capacitações bem estruturadas, com foco no que realmente precisa ser melhorado para atingir os resultados esperados.

Considere o perfil dos colaboradores

Outro fator a ser considerado nesse processo é o perfil dos colaboradores. Afinal, é essencial conhecer o público-alvo para que os treinamentos corporativos sejam bem elaborados, direcionados e efetivos.

Para isso, é indispensável realizar pesquisas com perguntas relevantes para conhecer cada colaborador da empresa, como qual o seu setor, quais são as atividades desenvolvidas por ele, quais as fraquezas e potências da equipe, como um treinamento poderia melhorar o dia a dia de trabalho, entre outras.

Todas essas informações são muito importantes para que a empresa conheça o time que vai receber o treinamento e ajudam muito na definição de outras questões relevantes para a eficiência da aprendizagem, como abordagem durantes as aulas, método de ensino, tipo de conteúdo e foco de cada setor.

Oriente-se por dados

Após entender as necessidades da empresa e o perfil de seus colaboradores, é hora de analisar minuciosamente esses dados, orientar-se e se informar para que possa realizar um diagnóstico preciso sobre a situação atual da organização. Todos os documentos mencionados, como avaliações de desempenho e pesquisas, são de extrema valia para essa etapa.

Assim, é possível identificar falhas, fraquezas e pontos que podem ser aperfeiçoados nos processos do negócio. Com essas informações, o responsável por elaborar o calendário de treinamento corporativo consegue encontrar soluções, identificar as melhores opções de ensino e capacitação e, assim, desenvolver a equipe de forma estratégica e vantajosa.

Determine metas

Com o diagnóstico completo da empresa, chegou a hora de determinar metas e prazos para que os resultados esperados sejam alcançados. É importante que tais metas sejam de fato exequíveis pelos colaboradores, para não criar um sentimento de frustração no time e comprometer o desenvolvimento das atividades.

Todas as informações relacionadas às fraquezas da empresa e às dificuldades dos colaboradores são de extrema importância para traçar essas metas, esclarecer o principal objetivo e os resultados esperados com os treinamentos corporativos.

Adquira os recursos

Antes de colocar em prática, é fundamental que a empresa analise o seu orçamento para adquirir os recursos necessários. Apesar de ser indispensável um investimento inicial, o retorno de treinamentos corporativos bem estruturados é muito alto, pois a empresa consegue melhorar diversos aspectos e, consequentemente, aumentar os seus rendimentos e obter vantagem competitiva.

Os recursos são diferentes para cada tipo de treinamento. Por exemplo, se a empresa optar por um treinamento on-line, as demandas estruturais como salas e cadeiras, são menores, mas é essencial contratar uma empresa especializada e de confiança para criar e gerenciar a plataforma digital.

Defina o tema das capacitações

Com o público-alvo bem conhecido e as metas estabelecidas de maneira direcionada, a empresa pode começar a definir os temas e assuntos que serão abordados durante a capacitação de seus colaboradores. Eles devem ser alinhados com os objetivos do negócio para que obtenha os melhores resultados possíveis. Essa etapa é de suma importância para estruturar os treinamentos corporativos e torná-los de fato interessantes e eficientes para todos os envolvidos.

Defina a duração dos treinamentos

Após definir os temas e assuntos relevantes para cada treinamento, é fundamental estabelecer a sua duração, ou seja, determinar quanto tempo será necessário para executar todo o conteúdo programático.

Isso também é uma estratégia de melhor aprendizado, pois cursos muito extensos podem desestimular a participação dos colaboradores. Por outro lado, cursos muito curtos podem não abranger todo o conteúdo relevante para o aperfeiçoamento desejado. Dessa forma, é fundamental encontrar um equilíbrio de conteúdo e duração para oferecer cursos de qualidade que trarão os resultados esperados.

Como visto, desenvolver um calendário para os treinamentos corporativos é muito válido e eficiente para uma empresa que busca constantemente por conhecimento e excelência em seus resultados. Assim, é possível criar uma estratégia de crescimento e aperfeiçoamento contínuo dos processos.

Uma das formas mais eficientes de oferecer esses treinamentos é por meio do Learning Management System (LMS), que significa Sistema de Gestão de Aprendizagem. A MicroPower é líder em soluções tecnológicas e disponibiliza uma plataforma flexível e dinâmica para os alunos, com diversos recursos, material rico, profissionais habilitados e excelente suporte para o processo de aprendizagem.

E aí, gostou do nosso conteúdo? Ficou interessado nos treinamentos corporativos? Entre em contato conosco e conheça as nossas opções!