7 metodologias de treinamento eficientes e como aplicá-las!

Profissionais capacitados e treinados são fundamentais para o sucesso de uma empresa, pois conseguem desempenhar suas funções com mais qualidade e alinhados à estratégia do negócio. As diferentes metodologias de treinamento contribuem para que o processo de aprendizagem seja eficiente e produza bons resultados.

Os treinamentos são úteis para o desenvolvimento pessoal e profissional dos colaboradores, ajudando-os a oferecer um trabalho de mais qualidade e de acordo com o padrão da empresa. Portanto, investir na metodologia correta contribui para melhorar a produtividade e os resultados da organização.

Neste artigo, traremos 7 metodologias de treinamento eficientes e mostraremos como elas podem ser aplicadas no cotidiano da sua empresa. Confira nossas sugestões!

1. Mentoria

O programa de mentoria é um dos tipos de treinamento bastante utilizados nas organizações. Nele, os profissionais experientes se tornam mentores para os mais novos. Essa convivência possibilita que o novo funcionário aprenda com quem já sabe.

O profissional mais experiente na organização orienta os recém-chegados com reuniões frequentes, contribuindo em assuntos específicos, procedimentos, políticas internas, entre outros aspectos. O objetivo é o desenvolvimento, crescimento e maximização do desempenho do colega de trabalho.

2. Gamificação

A gamificação é uma metodologia que tem feito sucesso nas empresas. Ela se utiliza de elementos lúdicos para promover o conhecimento, aproveitando a dinâmica de diferentes tipos de jogos. Esse mecanismo é eficiente para aumentar o interesse dos colaboradores e engajar no programa de desenvolvimento.

Os usuários precisam cumprir as fases e questões propostas pelo game e vão subindo de nível assim que concluem determinadas etapas. Além disso, a estratégia costuma utilizar quadro de classificação e recompensas baseadas no desempenho individual. Desse modo, o indivíduo vai prestar cada vez mais atenção, a fim de conseguir crescer no jogo com mais rapidez.

3. EAD

Outra metodologia bastante utilizada é a educação a distância (EAD), pois é uma forma muito prática para as empresas e colaboradores. Como os conteúdos estão em um ambiente virtual, podem ser acessados em qualquer momento e lugar, por meio da internet.

Dessa forma, não é necessário encontrar um espaço físico que comporte todos os funcionários nem um horário único. Isso contribui para a economia de dinheiro e tempo, tornando o processo mais simples e prático.

Além disso, as capacitações podem ser feitas conforme a demanda, ou seja, de acordo com a necessidade do negócio. A flexibilidade de horários aumenta o alcance da capacitação e facilita a participação de mais colaboradores, pois não é necessário o deslocamento, e a adequação à rotina é mais fácil.

4. Treinamento presencial

Esse é o estilo de treinamento tradicional que é utilizado por diferentes empresas há muito tempo e continua sendo empregado nas capacitações corporativas. Ele funciona como uma sala de aula, na qual os colaboradores se reúnem em determinado local para receber conteúdos específicos ou gerais, que visam ao desenvolvimento da equipe.

A vantagem dele está no diálogo e interação que as aulas oferecem, pois os colaboradores conseguem tirar as dúvidas imediatamente com o professor, e os processos de trabalho podem ser alinhados com todos os profissionais.

Por outro lado, o custo dessa modalidade é alto, já que é necessário encontrar um local adequado, contratar quem dará o treinamento e paralisar o serviço para realizá-lo. Desse modo, a logística não é tão favorável.

5. Seminários e Workshops

Os seminários e workshops são utilizados de maneira pontual na educação corporativa, mas também trazem resultados interessantes. O objetivo é abordar de forma prática um assunto específico, como um novo direcionamento em determinada atividade ou a implantação de uma tecnologia diferente. Por ser algo prático, costuma contribuir para aumentar o engajamento dos participantes.

Nessa metodologia, trabalha-se bastante o debate, perguntas e respostas, trocas de experiências e atividades práticas. Para o melhor aproveitamento, é interessante que os colaboradores tenham alguma base teórica sobre o assunto que será abordado, facilitando a fixação dos conhecimentos compartilhados.

6. Grupos de estudo

Os grupos de estudo são compostos pelos profissionais da organização que estão envolvidos em um mesmo projeto, setor ou assunto. A criação deles pode ser pontual, quando visa resolver um problema específico, ou constante, possibilitando a troca de informações e discussão de temas importantes para o negócio.

A união e motivação é importante dentro de uma equipe e, com essa metodologia, é possível que cada profissional apresente necessidades e desafios do cotidiano empresarial. Esses diálogos permitem conhecer melhor a relevância do serviço feito por colegas de outro setor, a criação de mecanismos que facilitem a rotina de trabalho e o aumento do desempenho da equipe.

7. CHACAP

O CHACAP veio para revolucionar e potencializar a aprendizagem corporativa. A metodologia integra os conceitos e teorias educacionais às ferramentas de aprendizagem mais modernas no que se diz respeito à educação.

A sigla é a junção do CHA, um termo reconhecido nos RHs das empresas para desenvolvimento de planos de carreira e objetivos de performance, e o CAP, baseado na “Taxonomia de Bloom”. Benjamin Bloom foi psicólogo americano especializado na área educacional, que criou a taxonomia como foco nos objetivos de aprendizagem em diversos níveis. Desse modo, ela é a junção do desempenho com a aprendizagem.

A metodologia é a base de todas as atividades desenvolvidas pela MicroPower e foi desenvolvida para oferecer a melhor solução de acordo com cada necessidade de capacitação dos nossos clientes.

O CHACAP também é a diretriz que guia a estrutura de Universidades Corporativas em empresas que desejam implementar a Educação a Distância às suas estratégias de negócios, visando o aumento de produtividade e, consequentemente, a alta performance de seus talentos.

A metodologia CHACAP engloba todas as atividades ligadas ao desenvolvimento de projetos educacionais, definindo os objetivos de aprendizagem baseados nos seguintes princípios:

  • necessidades e os objetivos que o cliente deseja alcançar;
  • objetivos e nível de desempenho que o aluno deverá atingir.

Essas são algumas metodologias de treinamento que podem ser aplicadas em empresas de modo eficiente. Esse é um processo de extrema importância para o sucesso da organização. Por isso, é fundamental contar com a ajuda especializada para melhorar a implantação dos programas educacionais corporativos, a fim de que todos possam sair ganhando: profissionais e empregadores.

A MicroPower é líder em soluções tecnológicas e consultivas para empresas interessadas em implementar e aprimorar processos de desenvolvimento e treinamento de colaboradores. Com o objetivo de qualificar o processo de educação corporativa, a empresa se tornou destaque nesse mercado e uma excelente alternativa para as organizações.

Gostou do nosso conteúdo? Então, entre em contato conosco e veja como a MicroPower pode contribuir com esse processo tão importante para a sua empresa!

Compartilhe: