Você sabia que existem vários tipos de treinamentos comportamentais? Essa forma de capacitação é indispensável para o desenvolvimento de habilidades que ajudarão os colaboradores em diversas situações na companhia, como a resolução de conflitos, auxílio nas negociações e outras atividades inerentes ao dia a dia empresarial. Assim, é possível afirmar que o desenvolvimento dessas habilidades é fundamental para a geração de melhores resultados para o negócio.

Por isso, é muito importante investir nos treinamentos corporativos, principalmente naqueles que têm como foco o comportamento humano no contexto empresarial. Para cada tipo de treinamento comportamental pode ser aplicada uma técnica para ajudar a aumentar o desempenho do colaborador.

Ficou curioso para saber mais sobre os tipos de treinamentos comportamentais? Então, continue a leitura!

O que são treinamentos comportamentais?

Treinamentos comportamentais dizem respeito às atividades de aperfeiçoamento das habilidades referentes ao comportamento humano. Para isso, são disponibilizados conteúdos alinhados com os princípios organizacionais.

Os treinamentos comportamentais devem estar em sinergia com a diversidade de pessoas que fazem parte da empresa, fator importante para a geração de novas ideias, o que ajuda na inovação. Contudo, mesmo com essas diferenças, é fundamental que os profissionais compartilhem os valores da instituição, mantendo uma postura ética, que torne possível conviver de forma harmônica e, ainda, trabalhar em equipe.

Qual é a importância de treinamentos comportamentais?

Atualmente, os desafios empresariais requerem que os profissionais sejam capazes de ir além das competências técnicas, ou seja, do conhecimento sobre saber fazer algo.

É necessário saber lidar com pessoas, defender ideias e pontos de vista, negociar, ter um bom relacionamento interpessoal e empatia, além de outras competências comportamentais, também chamadas de soft skills.

Essas competências se tornam ainda mais importantes para as lideranças, pois são fundamentais para gerir a equipe de forma eficiente, conduzindo o time de trabalho aos resultados almejados pela organização.

Quais são os tipos de treinamentos comportamentais que a empresa pode adotar?

Agora que você já sabe quais são os tipos de treinamentos comportamentais e qual a sua importância, veja, a seguir, quais são os principais!

Inteligência emocional

Com prazos cada vez mais curtos e metas desafiadoras, é preciso investir no desenvolvimento da inteligência emocional para lidar com as pressões e outros desafios do cotidiano.

A inteligência emocional é muito mais do que uma disciplina relacionada ao intelecto, já que ela é uma forma de ampliar a compreensão de si mesmo, favorecendo o autoconhecimento e o ambiente ao seu redor.

Além do autoconhecimento, a inteligência emocional está relacionada à sociabilidade e à empatia. Uma pessoa que ignora o desenvolvimento dessas características tende a apresentar uma menor eficiência no ambiente de trabalho e entre sua equipe, mesmo que exista um alto nível de conhecimento técnico.

Ademais, para as empresas, manter colaboradores com elevado nível de inteligência emocional garante o desenvolvimento de uma cultura organizacional mais saudável, o que ajuda a criar times de alto desempenho.

Capacitação da liderança

Fazer com que um time funcione de forma organizada e produtiva é um grande desafio para a maioria das empresas. Mas, com treinamentos comportamentais voltados especialmente para a liderança, é possível contornar essa situação.

Isso acontece porque, quando uma pessoa da equipe confia no trabalho do colega e sabe qual o seu papel na empresa, a chance de o time operar com sinergia e eficácia é bem maior. Mas, para isso, é preciso desenvolver relações interpessoais, capacidade de negociação, habilidade de administrar conflitos, entre outras habilidades que fazem parte dos treinamentos comportamentais.

Trabalho em equipe

Os treinamentos comportamentais, em especial para as lideranças, são fundamentais para garantir uma equipe de trabalho mais engajada com os objetivos organizacionais.

Isso porque uma liderança eficiente é aquela capaz de envolver os seus subordinados, extraindo de cada funcionário o melhor que eles podem oferecer, dando origem a uma equipe alinhada com os propósitos da organização e que possam obter resultados extraordinários.

Motivação

Pessoas motivadas produzem mais e melhor e são capazes de se envolver mais com os assuntos internos da companhia, sentindo-se parte dos desafios e resultados alcançados. No entanto, esse pode ser um grande desafio para as empresas, já que a falta de motivação de alguns membros da equipe pode se espalhar por toda a empresa.

Nesse cenário, quando a empresa ignora a importância dos treinamentos comportamentais, fica mais difícil reverter esse quadro e, como consequência, vê a sua produtividade cair, amargando prejuízos que, inclusive, podem comprometer a sobrevivência da empresa no mercado.

Logo, a conduta da liderança é muito importante para a motivação da equipe, mas, para uma maior eficiência dos trabalhos, é fundamental apostar nos treinamentos comportamentais, que devem acontecer de forma periódica, para que os resultados comecem a aparecer.

Resolução de conflitos

É comum que, em uma relação de trabalho, na qual as pessoas passam muito tempo em um mesmo ambiente, os conflitos surjam. No entanto, essas questões devem ser bem administradas, para evitar prejuízos ao clima organizacional da empresa.

Assim, é importante que a liderança suscite a maturidade na equipe, lembrando que a harmonia do ambiente é responsabilidade de todos e que conflitos podem gerar resultados negativos, tanto de forma individual quanto em grupo.

Portanto, os treinamentos referentes às relações interpessoais e mediação de conflitos são a forma ideal para sensibilizar os colaboradores para evitar esses embates.

Comunicação

A comunicação é uma competência chave para o sucesso de qualquer profissional dentro de uma organização. Com ela, é possível transmitir ideias com maior clareza e objetividade, evitar rumores e ainda estabelecer conexões interpessoais que ajudarão em negociações e em outras atividades dentro das corporações.

A comunicação também deve ser trabalhada no nível organizacional, a fim de estabelecer um fluxo horizontal de informações dentro da companhia. Assim, a comunicação deve ser trabalhada tanto no nível individual quanto organizacional, para que a companhia conquiste os melhores resultados.

Diante disso, fica evidente que investir nos mais diversos tipos de treinamentos comportamentais na empresa é uma estratégia para formar equipes de alto desempenho, que ajudarão a companhia a alcançar suas metas.

Se você gostou deste artigo sobre tipos de treinamentos comportamentais, confira também este sobre treinamento onboarding.