Promover o aprendizado contínuo e o engajamento dos colaboradores é uma estratégia importante para as empresas, que precisam buscar alternativas eficiente para capacitar e motivar seus profissionais. O OKR pessoal é uma opção interessante e contribui para esse objetivo.

Neste artigo, vamos entender o que é OKR, como funcionam e os principais exemplos. Além disso, mostraremos de que maneira o gestor pode implantar essa estratégia. Acompanhe a leitura!

Saiba o que é OKR

A sigla OKR vem do inglês “objectives and key results”, que, traduzindo, significa objetivos e resultados-chave. Ela é uma metodologia que foi criada pelo ex-CEO da Intel Andrew Grove e visa simplificar as metas de uma empresa.

Por ser um método simples e extremamente eficaz, ele é aplicado em pequenas, médias ou grandes empresas. Além disso, também é possível estabelecer OKRs pessoais, que são objetivos e metas individuais.

Entenda como essa metodologia funciona

O nome OKR está diretamente relacionado ao funcionamento da metodologia, facilitando a elaboração dessas metas. Veja o que cada elemento do nome quer dizer!

Objectives

Os objetivos são um direcionamento claro do que a pessoa pretende realizar ou alcançar. Eles devem ser diretos e específicos, mas também precisam ser alcançáveis, mantendo o indivíduo concentrado no seu cumprimento.

Key results

Os resultados-chave servem de parâmetro para se determinar o quanto a pessoa está perto de alcançar um objetivo. Sendo assim, são metas menores que ajudam diretamente na conquista do alvo principal.

Confira exemplos de OKRs pessoais

Para facilitar a compreensão do que são OKRs pessoais, traremos dois exemplos fictícios. Confira!

Objetivo: Evoluir profissionalmente

  • KR1: fazer dois cursos da minha área;
  • KR2: desenvolver soft skills;
  • KR3: começar aulas de inglês.

Objetivo: Ser mais saudável

  • KR1: emagrecer 2 kg;
  • KR2: diminuir 5% da gordura corporal;
  • KR3: praticar exercícios físicos 3 vezes por semana.

Saiba como o gestor pode implantar o OKR pessoal

O gestor pode implantar o OKR pessoal como uma estratégia para manter os colaboradores engajados no desenvolvimento profissional e individual. Veja como promovê-lo!

Incentivar a criação dos OKRs pessoais

Mesmo sendo uma estratégia individual, o gestor deve incentivar seus colaboradores a criarem os seus OKRs pessoais. Entre os objetivos estabelecidos estará o desenvolvimento profissional, o que pode ser muito produtivo para a empresa.

Além disso, o cumprimento de metas pessoais contribui para que o profissional esteja mais feliz e motivado, impactando diretamente o ambiente de trabalho e a produtividade.

Neste artigo, vimos o que é OKR pessoal e como essa metodologia pode ser importante no ambiente empresarial. Os benefícios que essa estratégia traz são o aumento do engajamento e do desempenho individual e coletivo, o que gera resultados melhores para a organização.

Gostou de aprender mais sobre este tema? Então, aproveite e deixe um comentário contando a sua experiência sobre o assunto!