Você já pensou que, para haver uma melhoria na experiência do cliente, é preciso os seus colaboradores também terem o bem-estar garantido no ambiente de trabalho? Afinal, todas as experiências de um profissional com a organização se refletem no seu desempenho e, consequentemente, em como o consumidor enxerga sua empresa. Assim, é preciso conhecer mais sobre o Employee Experience.

O conceito é bem semelhante ao de experiência do consumidor e refere-se ao conjunto de ações construídas com o objetivo de engajar toda a jornada do colaborador, desde o momento em que ele encontra o anúncio da vaga de trabalho até o possível dia em que ele vai embora. Como os estudos apontam, o comprometimento dos funcionários é fundamental para 90% das empresas. Então, não é difícil entender por que o Employee Experience é importante.

Então, sentiu interesse em aprender mais sobre o tema? Continue a leitura e confira algumas dicas para melhorar a Employee Experience do colaborador!

1. Escute o seu colaborador

Após o recrutamento, o contrato se inicia e o trabalho do colaborador na empresa também. Assim, é o seu momento de avaliar e metrificar a capacidade de resolução de problemas, criatividade, habilidades de comunicação etc.

Além de você analisar se o profissional supre as expectativas depositadas, também é necessário conhecer quais são as dele e se a sua empresa oferece o suporte preciso para alcançar isso e desenvolver estratégias para potencializar o engajamento. Então, descubra quais são suas motivações, habilidades e, principalmente, planos. Essas respostas envolvem tanto o âmbito profissional quanto o pessoal.

2. Mapeie a jornada

Considere todas as etapas que o seu funcionário atravessa, desde o recrutamento até a contratação e, ainda, o desenvolvimento e desligamento. É preciso considerar os passos percorridos por cada um, como admissão, promoção, formação, processos de onboarding etc. Essa análise é fundamental para avaliar se as suas expectativas e as do profissional estão sendo atingidas.

3. Desenvolva uma estratégia

Agora que você já sabe o que os seus colaboradores desejam e qual o caminho percorrido por eles até então, já é possível desenvolver uma estratégia do programa Employee Experience. Essa estratégia deve incluir ações para cada etapa, como programas de reconhecimento, campanhas de incentivos e o que mais for necessário para garantir experiências satisfatórias do seu time.

4. Ofereça um ambiente focado em crescimento

Dentro da estratégia de Employee Experience não se pode deixar de incluir oportunidades de crescimento para os funcionários. Afinal, passar anos estancado no mesmo carro dificilmente está nos planos de algum colaborador. Desse modo, é importante que você inclua planos de salário e cargos, programas de coaching e mentoria, estratégias de treinamento e outras ações voltadas para o desenvolvimento profissional.

5. Ofereça e solicite feedbacks

Como a experiência do colaborador é um processo em constante evolução, é fundamental solicitar e oferecer feedbacks para você poder melhorar o programa a partir das opiniões dos colaboradores.

Percebeu a importância do Employee Experience para melhorar as experiências dos seus colaboradores? Por esse motivo, não deixe de ouvi-los para entender quais são suas motivações e interesses.

Para ter mais dicas e melhorar o trabalho de suas equipes, siga nossas redes sociais: LinkedIn, YouTube, Instagram, Twitter e Facebook!