Durante sua participação no 38º Congresso Nacional de Recursos Humanos (CONARH) em 2012, Marc Rosenberg, que juntamente com Steve Foreman desenvolveu o modelo Learning & Performance Ecosystem (L&PE), declarou que a arquitetura da Universidade Corporativa Ampliada (UCA), desenvolvida pela MicroPower e pelo Institute for Learning & Performance – Brasil, representa o pensamento avançado no desenvolvimento das soluções abrangentes de aprendizagem e desempenho.
 
 A Universidade Corporativa Ampliada é uma arquitetura inovadora que promove a produtividade das pessoas e a competitividade das organizações de forma sustentável, indo além das fronteiras das universidades corporativas tradicionais, posicionando as pessoas no centro, iniciando a partir dos objetivos o ciclo virtuoso da alta performance.
 
Ela consolida o ambiente de aprendizado ampliado, contemplando o modelo 70-20-10, no qual 70% das competências necessárias são adquiridas pela vivência no ambiente informal do trabalho, 20% pelo acesso aos especialistas e através das redes sociais, e 10% com os cursos presenciais ou online.
 
Suporte ao desempenho, gestão de conhecimento, soluções educacionais inovadoras e a utilização de vídeos completam o ambiente favorável ao desenvolvimento de talentos, potencializam a obtenção dos resultados esperados e promovem a modernização da Cultura Organizacional.
 
Os centros de excelência de conhecimento, o apoio consultivo e a utilização das tecnologias atuais e emergentes, entre elas bigdata, machine learning, inteligência artificial e serviços cognitivos, complementam o ambiente de gestão de pessoas. Por meio do feedback permanente e da análise preditiva, eles promovem a permanência dos talentos nas organizações.
 
(*) Francisco Antonio Soeltl é CEO da MicroPower e Institute for Learning & Performance – Brasil